22 janeiro, 2011



Saudade é angústia, é perda, é desespero, é amor acumulado, é abandono, é choro, é tristeza. É o vazio que jamais se preenche, é o espaço sem nem ao menos ar. É dor, dor indescritível. É vontade de te ter aqui a qualquer preço. É, enfim, saudade. Inexplicável aos teus inocentes olhos, eles que brilham, eles que eu sinto falta. É a pior coisa, depois que vem a melhor. É você, só que de longe, distante, amargo, frio... E não há nada que ao menos anestesie, diminua com o seu real valor? Não,não há nada que apague as lembranças que se marcam. Ainda se só fossem tristes memórias, mas não, são cicatrizes do coração. É também o eterno desejo de desaparecer, de ficar invisível, de esquecer pra nunca mais. E o que é raiva às vezes, e amor pra sempre. Vazio sim,mas também é querer, prazer, grito, é VIDA.

Nenhum comentário:

Comente ~